Renascença vence prémio de excelência geral em ciberjornalismo

Renascenca_logoA Renascença venceu, pelo quarto ano consecutivo, a principal categoria dos prémios de ciberjornalismo do Observatório de Ciberjornalismo (Obciber) da Universidade do Porto.

O prémio de excelência geral em ciberjornalismo foi atribuído ao site da Renascença.

Além da excelência geral, a Renascença  venceu na categoria de reportagem multimédia com o trabalho “Uma quase-aldeia encravada entre gigantes de betão“, sobre a freguesia de Campanhã, no Porto, onde há casas sem saneamento e ruas sem iluminação pública. A reportagem foi elaborada pelos jornalistas Pedro Rios e Marília Freitas, com “web design” de Pedro Martins e “web development” de Pedro Rodrigues.

Outros trabalhos nomeados da Renascença foram, na categoria de reportagem multimédia, “Nenhuma Árvore Vale uma Vida“; na categoria de última hora, o trabalho desenvolvido no dia em que o “Papa Bento XVI resignou”, a 11 de Fevereiro; e na categoria de videojornalismo online, “O Meu Porto / A Minha Lisboa“.

Os prémios de ciberjornalismo visam reconhecer o que de melhor é produzido em Portugal na área do ciberjornalismo.

Segundo o Director Adjunto de Informação, Pedro Leal: “o prémio reconhece a aposta da Renascença na presença multiplataforma, premeia o excelente trabalho desenvolvido e o bom nível de integração já alcançado pela redacção no seu conjunto.”

Com as etiquetas , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: