Tag Archives: Paulino Coelho

Renascença regressa ao Pedrógão Grande – Emissão ao vivo – 15 dezembro 7h00 às 12h00

pedrogão 1 mes depois

Uma emissão especial cheia de esperança!

15 dezembro  7h-12h

Há acontecimentos que não podem cair no esquecimento, há histórias que merecem ser contadas, do início ao fim.

A Renascença ruma ao centro do país para uma emissão especial. Durante toda a manhã, das 7h00 às 12h00, vamos procurar saber o que está a ser feito para reerguer uma das zonas do país mais fustigadas pelos incêndios.

Carla Rocha, Paulino Coelho e toda a equipa da Manhã da Renascença vão estar em direto numa emissão que não pode perder.

Em direto da Casa da Cultura de Pedrógão Grande, a Renascença vai falar com os Presidentes da Câmaras Municipais mais afetadas pelos últimos incêndios Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos. Ao longo da emissão a Renascença vai fazer o percurso da fatídica estrada até Nodeirinho, e conversar com Nádia Piazza, representante da Associação de Apoio às Vítimas, vamos ficar a saber como a vida retomou o seu trajeto, quase normal, numa reportagem na Confeitaria Santa Luzia, sobre Doces Conventuais, a reportagem da Renascença vai também estar no Agrupamento de Escolas Pedrógão Grande.

A Renascença conta ainda com a presença do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

 

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , ,

A Renascença assinala o Dia Mundial da Doença de Alzheimer

passeiodamemoria2017A Renascença junta-se à Associação Alzheimer Portugal para divulgar um conjunto de iniciativas, uma delas a 7ª Edição do Passeio da Memória, que pretende assinalar o Dia Mundial da Doença de Alzheimer. Os fundos angariados através das inscrições nesta caminha irão reverter na íntegra para a Alzheimer Portugal que, também por esta via, procura informar e consciencializar para a importância de reduzir o risco de desenvolver demência, para os sinais de alerta da doença e, sobretudo, para a importância do diagnóstico atempado.

Será também desenvolvida uma campanha de divulgação, intitulada “Memórias para Guardar”, que conta este ano com o apoio institucional do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, de várias figuras públicas e de algumas das vozes da Renascença: Carla Rocha, Paulino Coelho, Renato Duarte, Sónia Santos, Miriam Gonçalves e Ana Carrilho.

Todos irão gravar uma mensagem em vídeo com aquela que é a memória que nunca quererão perder e apelar, simultaneamente, à participação dos portugueses. De modo simples, a campanha pretende que todos os portugueses – anónimos e/ou figuras públicas – gravem um vídeo e o partilhem nas redes sociais. O vídeo deverá ter como base a frase “nem que viva mais de 100 anos nunca mais me esquecerei…”. O primeiro será gravado pelo Professor Marcelo Rebelo de Sousa como convite à participação de todos, que marca o início da campanha, a 1 de Setembro.

Os vídeos serão partilhados com as hashtag #memoriasparaguardar e #passeiodamemoria, procurando também chamar a atenção para a caminhada solidária da Associação, e serão divulgados ao longo do mês de Setembro nas redes sociais da mesma.

A Renascença junta-se ainda a esta causa através de uma campanha de promoção on-air e online e, também, com a cobertura da Cimeira Mundial – Alzheimer’s Global Summit – que se realiza em Lisboa, de 18 a 22 de Setembro.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Renascença é Rádio Oficial das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias

7-maravilhas-de-portugal

A Renascença é Rádio Oficial das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias.

A resposta ao convite dirigido por Luís Segadães, Presidente das 7 Maravilhas, tem em conta a ligação e a implantação da Renascença no país.

O primeiro momento desta parceria já aconteceu no Piódão, com a apresentação oficial do projeto no dia 7 de fevereiro. A partir deste momento, a envolvência da Renascença manifesta-se em todas as suas plataformas, rádio, digital e redes sociais.

Neste momento de arranque do projeto, marcado pela fase de candidaturas até ao dia 7 de março, a Renascença tem prevista um conjunto de ações que passa por uma campanha de divulgação on-air e online (uma constante ao longo das diferentes fases), um programa em direto com Paulino Coelho, reportagens de Renato Duarte e entrevistas em estúdio. Ao longo desta fase de candidaturas será dada voz aos ouvintes que vão falar das “suas” aldeias e dar sugestões para a lista de candidatas.

Em abril, no momento em que vão ser reveladas as 49 aldeias pré-finalistas, a Renascença voltará a destinar espaço em antena para a realização de entrevistas e reportagens sobre todo o processo de escolha. Entre 6 de julho e 20 de agosto, o destaque vai para a explicação da forma de apuramento das 14 aldeias finalistas e para a promoção das Galas e respetivas votações.

A 3 de setembro terá lugar a Gala Finalíssima de Declaração Oficial, onde vão ser conhecidas as 7 aldeias vencedoras. Neste dia, a Renascença tem previstos vários momentos de reportagem, equipa de vídeo no local e entrevistas. Tudo com presença na rádio e em vídeo para as plataformas digitais.

Para Pedro Leal, Diretor-Geral de Produção da Renascença: “A associação da Renascença às 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias surge de uma forma natural. Somos uma rádio presente – nas cidades ou nas aldeias – e ao associar-se a este projeto a Renascença cumpre um dos seus compromissos editoriais mais importante: estar a par com o mundo, num verdadeiro espirito de serviço público”.

A eleição das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias arrancou a 7 de dezembro de 2016, com a abertura da fase de candidaturas. As aldeias candidatas serão organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo sistema de voto popular e pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias-Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas e Aldeias em Áreas Protegidas. Qualquer aldeia pode candidatar-se em múltiplas categorias.

Mais informações disponíveis em: rr.sapo.pt

Para descarregar fotos da ação no Piódão: https://we.tl/OqVIlPTH5K

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , ,

Renascença com novo formato e nova grelha

A partir de hoje, a Renascença assume um formato mais noticioso, com mais espaço para as notícias e em direto sempre que se justifique.

Com a alteração de formato e nova grelha, a Renascença pretende dar a melhor informação, primeiro e em profundidade, explicando os contextos da notícia, com coerência e independência, e com mais debates sobre o que verdadeiramente é importante para a vida de cada um.

rr-imagem-campanha-frame2Através de um registo bem-disposto e descomplicado, pretende-se simplificar a atualidade, transformando a antena num espaço integrador e agradável, onde a música tem também um papel determinante.

Com esta opção, a estação quer estar ainda mais próxima dos ouvintes e dos acontecimentos que os influenciam. Renascença a par com o mundo é por isso a nova frase de posicionamento.

Para este projeto, nos principais espaços, vão estar nomes reconhecidos da rádio, como Carla Rocha, Paulino Coelho, Óscar Daniel e os jornalistas Miguel Coelho, Sérgio Costa e José Pedro Frazão, Carlos Dias e Pedro Azevedo.

Na execução da nova grelha, contamos ainda com vários comentadores e analistas que nos vão ajudar a perceber o mundo. Logo de manhã, no programa conduzido por Carla Rocha, entre as 6h30 e as 10h, estará uma equipa alargada de comentadores que vão abordar e debater as questões mais relevantes do dia, como Pedro Santos Guerreiro, Raquel Abecasis, Henrique Raposo, Jacinto Lucas Pires, João Taborda da Gama e Francisco Assis. Miguel Coelho será o responsável pelas notícias e Carlos Dias pela informação desportiva, com Bola Branca.

GRANDE REPORTAGEM DE REGRESSO

A nova grelha da Renascença marca também o regresso da grande reportagem à antena. É no espaço das 12h, conduzido por Sérgio Costa e com opinião de Luís Santos, docente da Universidade do Minho. Todas as semanas, um tema da atualidade terá um olhar diferente e particular na antena da Renascença. O espaço das 12h marca ainda o regresso das grandes entrevistas a um dos horários nobres da rádio, numa parceria da Renascença com o jornal Público.

Como os ritmos de vida são cada vez mais diversos, o programa de fim da tarde da Renascença arranca às 17h e prolonga-se até às 20h30 e é conduzido pelo jornalista José Pedro Frazão. Um espaço marcado pelo essencial das notícias e análise do dia, com a opinião de Graça Franco, diretora de Informação da Renascença, e de Francisco Sarsfield Cabral. O espaço Bola Branca está a cargo de Pedro Azevedo.

MAIS DESPORTO E DEBATES

Diariamente, entre as 19h e as 20h, abrimos um espaço de debate onde todos concordam em discordar. Logo à segunda-feira, Rui Miguel Tovar, Manuel Cajuda e o jornalista Pedro Azevedo olham para o essencial da jornada desportiva. À terça, no Falar Claro, Vera Jardim e Nuno Morais Sarmento vão para lá do “quê” e olham para o “porquê” da política nacional. O grande debate sobre os temas europeus chega à quarta-feira, no Fora da Caixa, com Santana Lopes e António Vitorino. À quinta é dia do Conselho de Diretores. Num registo bem-humorado, mas muito atento, Graça Franco, Henrique Monteiro e Pedro Santos Guerreiro descomplicam os temas que marcam a atualidade. A fechar a semana um olhar mordaz: o Comendador Marques Correia salta das páginas do Expresso e estreia-se na rádio.

 MAIS MÚSICA PORTUGUESA

A música terá também um papel determinante neste novo formato, nomeadamente, a música portuguesa, que será protagonista entre as 13h e as 17h, com Paulino Coelho. Por este espaço vão passar músicos, bandas e cantores que vão tocar ao vivo e conversar com Paulino Coelho.

A música e conteúdos mais descontraídos vão também ter destaque especial entre as 5h00 e as 6h30, com Renato Duarte, entre as 10h00 e as 12h00, com Carlos Bastos, e entre 20h30 e as 22h30, com Júlio Heitor.

A madrugada arranca com Sónia Santos, com um programa interativo onde se pretende escutar os ouvintes sobre os temas que marcam a atualidade, e prossegue com Isabel Pereira.

NOVIDADES AO FIM DE SEMANA

Ao fim-de-semana três grandes destaques: aos sábados o Em Nome da Lei, entre as 12h e as 13h. Um programa conduzido pela jornalista Marina Pimentel onde se discutem os grandes temas da justiça e da produção legislativa que influenciam a vida dos portugueses. Aos domingos, Oscar Daniel conduz o Porta Aberta, um programa de cariz religioso com o relato de experiências de quem se dedica aos mais necessitados e, entre as 12h e as 13h, um espaço de debate da atualidade com o jornalista José Bastos.

A noite de domingo conta ainda com uma estreia. Aura Miguel, a vaticanista da Renascença, vai conduzir um espaço de entrevistas com testemunhos de pessoas que ajudam a transformar o mundo.

A equipa de Direcção que conduz este novo projeto conta com Graça Franco, diretora de Informação; Dina Isabel, diretora-adjunta de Programação; Raquel Abecasis, diretora-adjunta de Informação; e Pedro Leal, que assume agora a Direcção-Geral de Produção do canal Renascença. Este jornalista teve, nos últimos anos, na qualidade de diretor-adjunto de Informação, a responsabilidade da área digital do canal Renascença.

De acordo com Pedro Leal “A juntar à credibilidade e rigor a que a Renascença tem habituado o seu público, estará o caracter descontraído e o discurso positivo e bem-disposto dos seus profissionais que, juntamente com a música, vão ajudar a transformar a antena num espaço integrado e coeso, onde se explica a realidade, com um registo de proximidade”.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d bloggers like this: