Tag Archives: Fernando Medina

As Três da Manhã da Renascença – Milhares de pessoas e gargalhadas na Tour mais louca pelo país

Veja o Vídeo AQUI

Casas “invadidas”, automobilistas surpreendidos e autocarros tomados de assalto de microfone na mão. 

Foi assim a digressão de As Três da Manhã da Renascença. Nas últimas duas semanas Joana Marques, Ana Galvão e Carla Rocha saíram do estúdio para animar as manhãs dos portugueses.

Nenhuma cidade ficou indiferente à passagem das Três da Manhã. Nas ruas do Porto, Coimbra, Setúbal, Lisboa e Braga milhares de portugueses pararam para ver e ouvir As Três da Manhã e foram para o trabalho mais alegres com um pequeno almoço Boooooom da Mimosa.

Numa emissão em direto na rádio, no digital e nas redes sociais, muitos foram os convidados que, em cada cidade, fizeram questão de marcar presença, como Rui Reininho, Fernando Medina, Tânia Ribas de Oliveira, Wandson Lisboa, Domingos Paciência, Cassete Pirata, entre muitos outros.

Joana Marques fez também um Extremamente Desagradável especial sobre cada cidade visitada.

As Três da Manhã estão de volta ao estúdio com a melhor receita para os portugueses se protegerem de música da treta, politiquice e conversa chata.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , ,

PAULO RANGEL E FERNANDO MEDINA EM CONFRONTO NA RENASCENÇA

 paulo16617329
Às quartas-feiras, a seguir às 12h00, Casa Comum junta o eurodeputado social democrata e o presidente socialista da Câmara de Lisboa, num confronto político semanal, no âmbito da parceria da Renascença com a Euranet, rede europeia de rádios.

Com estreia marcada para esta quarta-feira, Casa Comum, o debate entre Paulo Rangel e Fernando Medina é moderado pelo jornalista Sérgio Costa.

Advogado desde 1994, Paulo Rangel é uma das mais figuras mais importantes do PSD – chegou a ser avançado como potencial candidato à liderança do partido nas últimas eleições internas, mas não avançou “por razões de ordem familiar”. Eurodeputado desde 2009, vice-presidente do grupo político do Partido Popular Europeu, diz que a Europa nasceu como “amor sereno”, mas “degenerou em paixão”.

Fernando Medina, sucessor de António Costa na Câmara de Lisboa, é apontado como figura a ter em conta sempre que se falar do futuro – e do presente – do Partido Socialista. Com formação académica em Econo

mia e Sociologia Económica, entrou no partido pela mão de António Guterres, passou pelos governos de Sócrates, como secretário de Estado, e foi deputado.

Casa Comum é um programa produzido no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus 

Mais informações em www.rr.sapo.pt

 

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , ,

Noite memorável nos 80 anos da Renascença

AndreaBocelli-MeoArena-06-640px

Foi uma noite memorável a que assinalou o início das comemorações dos 80 anos da Renascença. Ao palco do MEO Arena, completamente esgotado, subiram Andrea Bocelli e Ana Moura, num dueto inédito.

Esta foi uma oportunidade irrepetível para assistir à interpretação do tenor que conseguiu pôr o belcanto nas bocas do mundo. Andrea Bocelli e Ana Moura foram acompanhados pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa, com 70 músicos, e o coro Ricercare, de 60 elementos.

Na primeira parte o tenor cantou árias de óperas como Intanto, Amici Qua, da Ópera Cavalleria Rusticana, La Donna è mobile de Rigoletto e peças como Ave Maria de Schubert.

Na segunda parte marcaram presença os maiores sucessos de Andrea Bocelli e temas do seu último álbum: Cinema. Músicas como Maria de Bernstein, Funiculí Funiculá ou Be My Love.

Para a história ficará sem dúvida a interpretação de Ana Moura de Over the Rainbow e o momento em que ambos subiram ao placo para interpretar Besame mucho.

O entusiasmo do público não deixou indiferente Andrea Bocelli, que voltou ao palco para um encore de interpretações memoráveis de Con te Partirò e Nessun Dorma.

Para celebrar com a Renascença muitas foram as individualidades que estiveram presentes. O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que dirigiu umas palavras de felicitação à Renascença no início do espectáculo, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, os antigos Presidentes da República, General Ramalho Eanes, Dr. Jorge Sampaio e Professor Aníbal Cavaco Silva, o Núncio Apostólico D. Rino Passigato, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes e muitas outras personalidades.

Ao lado de D. Manuel Clemente, muitos foram os Bispos portugueses que assistiram ao concerto comemorativo dos 80 anos da Renascença, nomeadamente o Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga e o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.

Nas palavras do Cardeal Patriarca de Lisboa: “Celebrar os 80 anos da Renascença significa uma vida. A Renascença marca várias etapas da minha vida – uma companhia. Falar da Renascença é falar da vida de muita gente em Portugal, da Igreja em Portugal e também de uma grande garantia de futuro porque ela continua muito jovem e muito fresca”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa declarou: “Devo muito à Renascença, desde a minha infância. Estou cá pessoalmente, mas também como Presidente da República, para agradecer o papel fundamental da Renascença. 80 anos com muita vitalidade, que mais parecem 8”.

Para o Presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia, Padre Américo Aguiar, “A arte e de um modo especial a música têm sempre o especial condão de nos elevar… fomos todos elevados à comunhão com todos os que, nestes 80 anos, fundaram, fizeram e fazem a Renascença todos os dias. Obrigado a todos os presentes na pessoa do Senhor Presidente da República e um obrigado muito especial a Andrea Bocelli e a todos os músicos. Venha o centenário! Que Deus continue a abençoar-nos.”

Para descarregar mais fotos: https://we.tl/FvQqVZFCXM

Créditos: Pedro Figueiredo

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Renascença com programação dedicada ao 25 de Abril

Esta semana a Renascença vai emitir programas especiais, com convidados que ajudam ao debate e à reflexão sobre o 25 de Abril e a Democracia.

  • Segunda-feira, dia 21

Programa Falar Claro especial com Vera Jardim e dois políticos de 40 anos: Assunção Cristas (ministra da Agricultura) e Fernando Medina (vice-presidente da Câmara de Lisboa). Hoje às 23h, com moderação de José Pedro Frazão.

  • Terça-feira, dia 22

Programa Terça à Noite, às 23h, Raquel Abecasis entrevista o historiador Rui Ramos.

  • Quarta-feira, dia 23

Debate com jornalistas que acompanharam a Revolução e o PREC (Adelino Gomes, Francisco Sarsfield, José Pedro Castanheira) às 19h, com moderação Ricardo Conceição.

Na Edição da Noite, às 23h, debate religioso com Pedro Roseta como convidado especial para falar sobre o papel da Igreja na construção da democracia e dos católicos na formação dos partidos. Participam no debate D. Nuno Brás, bispo auxiliar de Lisboa, a jornalista Aura Miguel e o juiz Pedro Vaz Patto.

  • Quinta-feira, dia 24

Na Edição da Noite, a partir das 23h, Marcelo Rebelo de Sousa vem ao Conselho de Directores. Os habituais participantes são os directores Graça Franco, Henrique Monteiro e Pedro Santos Guerreiro.

  • Sexta-feira, 25

Na Edição da Noite, a partir das 23h, Fora da Caixa especial, programa sobre a Europa, com António Vitorino e Pedro Santana Lopes e um convidado especial. Moderação de José Pedro Frazão.

Para além dos programas especiais com convidados de várias áreas, a Renascença terá várias reportagens  ao longo da semana que ajudam a fazer o balanço dos 3D da Revolução (Democracia, Desenvolvimento e Descolonização). A primeira reportagem multimédiaMemórias do Aljube – A prisão do pensamento”, das jornalistas Dina Soares e Teresa Abecasis, já está disponível online.

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d bloggers like this: