Category Archives: Acção Social

Campanha de Natal da Renascença aproxima Corações

Perto do Coração

Este Natal coloque uma criança mais perto do seu coração!

É este o desafio que a Renascença lança aos ouvintes e ao País – ajudar na educação de crianças através do seu apadrinhamento à distância.

“Uma criança, um professor, um livro e um lápis podem mudar o mundo” ou “A educação é um direito de todos os seres humanos” – são frases da jovem paquistanesa Malala, vencedora do Prémio Nobel da Paz, que têm corrido mundo e não deixam ninguém indiferente.

Neste sentido, a Renascença decidiu associar-se à Helpo, uma ONG portuguesa que através do meio educativo trabalha a favor da infância em Portugal, Moçambique e S. Tomé e Príncipe. Com o projecto de Apadrinhamento de Crianças à Distância a Helpo ajuda directamente 3.152 crianças, mas esse apoio acaba por estender-se a mais de 11 mil crianças.

Passar a mensagem de que mudar o mundo através da Educação é possível, dar a conhecer o trabalho da Helpo e a forma como cada um pode ajudar são os objectivos da campanha de Natal da Renascença – Perto do Coração.

Ao fazer parte deste projecto estará a contribuir para uma refeição diária, para material escolar, para uma peça de vestuário ou pode até estar a ajudar na construção de uma escola!

Com as etiquetas , , ,

RFM sintonizada com Ecopilhas e IPO

Cartaz_ecopilhasRFM131 (2)Nilton, Rui Unas, Joana Cruz, André Henriques e outros animadores da RFM juntos para ajudar IPO.

A RFM está a apoiar a Ecopilhas no 6º Peditório Nacional de Pilhas e Baterias. A iniciativa de recolha destes materiais usados reverte a favor do IPO e permitirá à Ecopilhas doar dois aparelhos de tratamento para doentes oncológicos.

A RFM dá a cara por esta causa estando a campanha a ser divulgada em Rádio, Imprensa, Outdoor e também com um vídeo em que os animadores da RFM cantam a música do Pilhão, sensibilizando para esta iniciativa.

Para participar no 6º Peditório Nacional de Pilhas e Baterias basta colocar as pilhas usadas de lanternas, relógios, rádios, comandos de equipamentos e brinquedos e as baterias usadas de aparelhos como as máquinas fotográficas, os telemóveis, os computadores portáteis, as ferramentas eléctricas, entre outros, num dos 16.000 Pilhões espalhados por todo o país. A campanha decorre até 31 de Dezembro.

Com as etiquetas , , , , ,

Renascença homenageia Sophia de Mello Breyner com som exclusivo

Sophia_de_Mello_BreynerPor ocasião da cerimónia de trasladação de Sophia de Mello Breyner para o Panteão, amanhã, data em que se completam dez anos sobre a sua morte, a Renascença homenageia a escritora com um som exclusivo.

A Renascença vai retransmitir ao longo do dia excertos d’“O Anjo de Timor”, o conto escrito e gravado por Sophia de Mello Breyner para a Campanha de Natal da Renascença “Timor precisa de nós” em 1991. Dina Isabel, directora de programação, explica que “o conto é um inédito dos arquivos da Rádio que queremos partilhar neste momento de homenagem. Recorde-se que na década de 90 a Renascença fez vários programas especiais, espectáculos e campanhas a favor do povo de Timor, uma causa muito acarinhada pela Sophia.”

O conto vai estar também disponível na íntegra no site da Renascença.

Com as etiquetas , , , , , , , ,

Campanha da Renascença deu pontapé de saída na construção da Casa dos Rapazes

Mariana Rodrigues e Inês Bettencourt, responsáveis pela Casa dos Rapazes, no estúdio da Renascença

Mariana Rodrigues e Inês Bettencourt, responsáveis pela Casa dos Rapazes, no estúdio da Renascença

Este ano o objectivo da campanha de Natal da Renascença foi ajudar a construir a CASA DOS RAPAZES.
Com a enorme generosidade dos seus ouvintes, a Renascença conseguiu angariar, até ao momento, cerca de 120 mil euros. Hoje, também graças à ajuda de Cristiano Ronaldo e da Pepsi, foi possível impulsionar o financiamento do projecto. A nova Casa dos Rapazes será uma realidade no decorrer deste ano de 2014.

No início de Dezembro, a equipa da Renascença teve oportunidade de visitar a Casa dos Rapazes (pode ver o vídeo aqui) e comprovar a necessidade de uma intervenção urgente. Na altura, Dina Isabel, Directora de Programação da Renascença apresentou o projecto com grande entusiasmo: “O grupo que os acompanha é fantástico e os rapazes têm todo o apoio de que necessitam para levar a sua vida para a frente, mas falta o espaço e o conforto. Estas instalações que começaram por ser provisórias, já duram há 8 anos. Estamos muito empenhados em atingir este objectivo que vai ajudar a mudar a vida de muitos jovens”.

A Casa dos Rapazes acolhe crianças e jovens dos 6 aos 18 anos que, pelos mais variados motivos, não podem estar com as suas famílias. Crianças que, num mundo de adultos, se encontram em situações mais complicadas do que a maioria de nós alguma vez estará. Crianças que precisam de ajuda para “Voltar a Casa”. As anteriores instalações da Casa dos Rapazes foram destruídas num enorme incêndio. Desde então estes meninos foram acolhidos numas instalações temporárias que não têm todas as condições de conforto que eles precisam.

A construção da nova CASA DOS RAPAZES está prevista começar em Março ou Abril deste ano e o projecto conta com uma área bruta de construção de 1000m2 , 4 pisos, espaços exteriores com zonas lúdicas, parque de estacionamento, horta pedagógica e jardim.

Hoje, em entrevista a Júlio Heitor, as responsáveis da Casa dos Rapazes, Inês Moniz Bettencourt e Mariana Rodrigues, manifestaram a sua alegria pela concretização deste sonho: “Estamos emocionadas porque foi um longo caminho. Batemos a muitas portas e agora as ajudas materializaram-se… É obvio que a Campanha da Renascença deu uma notoriedade a esta CASA, que de repente toda a gente ouviu falar. E não foi só agora, tivemos outros apoios que vieram também por causa desta campanha.”

A Renascença deixa um agradecimento público a todos os que acreditaram neste projecto desde a primeira hora – especialmente aos seus ouvintes – que contribuíram para a sua concretização.

Para colaborar basta fazer um donativo em qualquer Multibanco, preenchendo os campos entidade e referência com o número 7, dirigir-se a uma agência do BES e depositar a quantia desejada na conta “Renascença Solidária” ou através de uma chamada para uma linha de valor acrescentado (760 205 206).

 

Com as etiquetas , , , , , , , , ,
%d bloggers like this: