Category Archives: 80 anos da Renascença

Placido Domingo homenageou a Renascença num extraordinário concerto

Foto Placido para WordPress

Foi sem dúvida uma noite de sonho a que se viveu hoje no MEO Arena. Placido Domingo, o grande protagonista, subiu ao palco para cantar grandes árias da ópera, mas também zarzuela, operetas e surpreendeu com alguns temas portugueses . A seu lado estiveram Davinia Rodriguez, uma soprano de renome no panorama do canto lírico internacional, que atuou pela primeira vez em Portugal e, Rita Marques, uma jovem soprano portuguesa do Centre de Perfeccionament Placido Domingo, em Valência. O concerto contou ainda com a participação especial da fadista Katia Guerreiro, uma das mais importantes representantes do Fado em todo o mundo.

Em anterior entrevista à Renascença, Placido Domingo já tinha manifestado o seu entusiasmo por voltar a Portugal, afirmando: “será com grande alegria que encontrarei este público magnífico”… e, o público correspondeu, com milhares de pessoas a aplaudirem efusivamente este que é um dos melhores e mais influentes cantores de ópera da história mundial, já premiado com 12 Grammys Awards, incluindo três Grammys latinos.

A acompanhá-lo, neste concerto integrado nas comemorações dos 80 anos da Renascença, Placido Domingo contou com a presença da Orquestra Sinfonietta de Lisboa, de 65 elementos, num espectáculo com duas partes distintas. Na primeira, totalmente dedicada à ópera, foram interpretadas várias árias de óperas famosas, nomeadamente de Verdi, como foram o caso de “Macbeth”, “Don Carlo” e “La Traviata”, ou a “A Flauta Mágica” de Mozart.

Na segunda, já dedicada a outros géneros musicais, foram interpretados temas de Lehár, Rodgers, Moreno T., sendo de destacar o momento em que Placido Domingo e Katia Guerreiro cantaram em dueto o tema “Coimbra”, que muito emocionou o público.

Nos encores houve ainda oportunidade para ouvir temas bem diversos e bem conhecidos de todos, como foi o caso de “Besame mucho”, que ficarão para sempre imortalizados na voz de Placido Domingo, o momento em que o tenor partilhou o palco com Katia Guerreiro para cantarem o Fado “Foi Deus” e, no final, o momento apoteótico em que os intérpretes cantaram “Non ti scordar di me”, do compositor De Curtis.

Esta foi mais uma grande noite para aquela que é a grande história da Renascença!

Para descarregar mais fotos: https://we.tl/lUEvAJ64Kv

Créditos: Pedro Figueiredo e Vânia Marecos

 

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Emissão Especial: Renascença – 80 anos a par com o mundo – 10 Abril

logo 80 anos

A Renascença assinala na próxima segunda-feira, dia 10 de Abril, o seu 80º aniversário.

Para este dia a emissão da Renascença vai ter alguns momentos muito especiais.

A partir das 7h00, a Carla Rocha recebe, na Manhã da Renascença, o Presidente da Liga dos Bombeiros a quem será entregue o cheque com os donativos angariados durante a campanha de Natal das rádios do Grupo Renascença Multimédia, e que totalizou 150.150,00€.

Logo a seguir, a Renascença protagoniza um momento inédito em rádio:

Às 08h17, pela primeira vez, as 4 rádios do Grupo (RENASCENÇA, RFM, MEGA HITS e RÁDIO SIM) vão estar em simultâneo com a emissão da RR. Em estúdio a Carla Rocha dá as Boas-vindas aos animadores das 4 rádios e haverá um brinde aos 80 anos da RENASCENÇA. Este será um dos momento altos do dia, uma vez que as 4 rádios do grupo atingem semanalmente mais de 4 milhões de ouvintes em Portugal.

Às 10h00, a Renascença dá voz a uma das personalidades mais emblemáticas da rádio em Portugal e da Renascença em particular, António Sala é o entrevistado de Dina Isabel e Óscar Daniel.

Às 12h00 o Cardeal Patriarca de Lisboa preside à celebração da Missa de Ação de Graças, na Capela S. Francisco de Sales, da Quinta do Bom Pastor.

Às 17h00 a Renascença entrevista D. Manuel Clemente. Uma conversa com Aura Miguel e José Pedro Frazão.

RENASCENÇA A PAR COM O MUNDO!

Com as etiquetas , , , , , ,

Renascença entrevista Plácido Domingo em Barcelona

PlacidoA Renascença em Barcelona entrevista Placido Domingo. O tenor vem a Portugal dia 22 de Maio, para um espectáculo no MEO Arena.

Na entrevista, o tenor manifesta entusiasmo por voltar a Portugal. “Será com grande alegria que encontrarei este público magnífico”, revela à Renascença.

Placido Domingo conta por que nunca se atreveu a gravar um disco de fado, fala da sua admiração por Amália Rodrigues e por Cristiano Ronaldo, estrela do Real Madrid, clube do seu coração. Lembra também os vários prémios recebidos ao longo da carreira e felicita à Renascença pelos 80 anos.

Entrevista para ver e ler na íntegra aqui.

Placido Domingo é um tenor de renome internacional, reconhecido como um dos melhores e mais influentes cantores de ópera da história mundial. O seu reportório conta já com mais de 3.800 atuações. A sua longa carreira  foi premiada com 12 Grammys Awards, incluindo três Grammys latinos.

Para além de ser uma das vozes mais aplaudidas de sempre, Placido Domingo é um artista multifacetado. Enquanto maestro já conduziu mais de 500 óperas e concertos sinfónicos com as mais prestigiadas orquestras do mundo. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais da rede Blueticket e também em blueticket.pt

O concerto é produzido pela GeniusyMeios, produtora de eventos do Grupo Renascença Multimédia.

Preços:

Plateia VIP 140,00 €
Plateia 94,50 €
B0-I 80,00 €
B0-II 72,00 €
B1-I 58,00 €
B1-II 54,50 €
B2 38,00 €
Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , ,

Noite memorável nos 80 anos da Renascença

AndreaBocelli-MeoArena-06-640px

Foi uma noite memorável a que assinalou o início das comemorações dos 80 anos da Renascença. Ao palco do MEO Arena, completamente esgotado, subiram Andrea Bocelli e Ana Moura, num dueto inédito.

Esta foi uma oportunidade irrepetível para assistir à interpretação do tenor que conseguiu pôr o belcanto nas bocas do mundo. Andrea Bocelli e Ana Moura foram acompanhados pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa, com 70 músicos, e o coro Ricercare, de 60 elementos.

Na primeira parte o tenor cantou árias de óperas como Intanto, Amici Qua, da Ópera Cavalleria Rusticana, La Donna è mobile de Rigoletto e peças como Ave Maria de Schubert.

Na segunda parte marcaram presença os maiores sucessos de Andrea Bocelli e temas do seu último álbum: Cinema. Músicas como Maria de Bernstein, Funiculí Funiculá ou Be My Love.

Para a história ficará sem dúvida a interpretação de Ana Moura de Over the Rainbow e o momento em que ambos subiram ao placo para interpretar Besame mucho.

O entusiasmo do público não deixou indiferente Andrea Bocelli, que voltou ao palco para um encore de interpretações memoráveis de Con te Partirò e Nessun Dorma.

Para celebrar com a Renascença muitas foram as individualidades que estiveram presentes. O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que dirigiu umas palavras de felicitação à Renascença no início do espectáculo, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, os antigos Presidentes da República, General Ramalho Eanes, Dr. Jorge Sampaio e Professor Aníbal Cavaco Silva, o Núncio Apostólico D. Rino Passigato, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes e muitas outras personalidades.

Ao lado de D. Manuel Clemente, muitos foram os Bispos portugueses que assistiram ao concerto comemorativo dos 80 anos da Renascença, nomeadamente o Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga e o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.

Nas palavras do Cardeal Patriarca de Lisboa: “Celebrar os 80 anos da Renascença significa uma vida. A Renascença marca várias etapas da minha vida – uma companhia. Falar da Renascença é falar da vida de muita gente em Portugal, da Igreja em Portugal e também de uma grande garantia de futuro porque ela continua muito jovem e muito fresca”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa declarou: “Devo muito à Renascença, desde a minha infância. Estou cá pessoalmente, mas também como Presidente da República, para agradecer o papel fundamental da Renascença. 80 anos com muita vitalidade, que mais parecem 8”.

Para o Presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia, Padre Américo Aguiar, “A arte e de um modo especial a música têm sempre o especial condão de nos elevar… fomos todos elevados à comunhão com todos os que, nestes 80 anos, fundaram, fizeram e fazem a Renascença todos os dias. Obrigado a todos os presentes na pessoa do Senhor Presidente da República e um obrigado muito especial a Andrea Bocelli e a todos os músicos. Venha o centenário! Que Deus continue a abençoar-nos.”

Para descarregar mais fotos: https://we.tl/FvQqVZFCXM

Créditos: Pedro Figueiredo

Com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d bloggers like this: