Author Archives: mariaruivo

RFM PERCORREU PORTUGAL DE CHAVES A FARO PELA MÍTICA EN2 E LEVOU A MAGIA DA RÁDIO DE NORTE A SUL DO PAÍS

RFM SENTE PORTUGAL! COM O APOIO DO MEO E DO MINIPREÇO!

https://rfm.sapo.pt/file/31595/rfm-sente-portugal-na-nacional-2

A RFM atravessou o interior do país de norte a sul, pela mítica Estrada Nacional 2.

Foram 739 km, através de 10 municípios que deram a conhecer, aos portugueses, o que de melhor têm em cada região.

Desde dia 14 até 23 de agosto a RFM, o MEO e o Minipreço, ajudaram a mostrar a riqueza paisagística, gastronómica e cultural do nosso país, num ano em que o turismo interno se assumiu como crucial para a economia do país.

Foram 10 dias seguidos na estrada e de aventuras, descobertas e sorrisos que vão ficar para sempre no coração dos portugueses, que acompanharam esta epopeia ao lado da rádio das grandes músicas, e no coração da própria RFM. 

A equipa da RFM deixa aqui uma palavra de agradecimento a todos os que receberam a rádio das grandes músicas e a fizeram sentir sempre em casa.

Obrigada Portugal.

RFM sentiu o pulsar de Portugal e dos portugueses. Portugal tem muito para descobrir e esta viagem pela EN2 mostrou-nos um pouco mais deste nosso pequeno grande país.

A música acompanhou sempre esta aventura e o camião da RFM transformou-se diariamente num palco itinerante, ao mesmo tempo que servia de estúdio de rádio, com os animadores da RFM Catarina Figueiredo, Rodrigo Gomes e Daniel Fontoura a darem as boas vindas aos portugueses. A RFM esteve em CHAVES com Noble, seguiu-se SANTA MARTA PENAGUIÃO, MORTÁGUA, PENACOVA com os Calema, GÓIS com Alberto Índio, SARDOAL, AVIS com Bárbara Bandeira, ALMODÔVAR com Miguel Gameiro, S. BRÁS DE ALPORTEL com SYRO e FARO com Nuno Ribeiro.

Para António Mendes, Diretor da RFM “A RFM apostou em ter um verão 2020 em grande! E estamos a conseguir. Estivemos perto dos portugueses e demos a conhecer regiões do interior do país que muitas vezes são mais esquecidas. Num ano tão atípico, esta foi uma forma de chegar em segurança aos nossos ouvintes. Nesta ação cumpriu-se o desejo da RFM, como uma rádio nacional, a  RFM sentiu mesmo Portugal.”

João Epifânio, Chief Sales Officer B2C da Altice Portugal, considera que “A associação da Altice Portugal através da marca MEO a esta iniciativa da RFM aconteceu de forma muito natural, pois a proximidade ao território e a portugalidade são para a Altice Portugal, e para as suas marcas, dois pilares já indissociáveis do seu ADN. Esta iniciativa da RFM foi a simbiose perfeita para materializar estes dois conceitos e ter mais uma vez a oportunidade de “sentir Portugal” e conhecer o melhor que este tem para dar. É nosso desígnio e, também, um gosto para a Altice Portugal estar ao lado dos portugueses e do nosso magnífico País.”

Nas palavras de Ricardo Torres Assunção, Diretor de Publicidade e Comunicação da DIA Portugal “Foi com enorme orgulho e satisfação que o Minipreço se associou à iniciativa Sente Portugal da RFM. Ao longo de 10 dias, passámos por muitas localidades com um denominador comum: uma loja Minipreço. Enquanto insígnia líder no segmento da distribuição alimentar de proximidade, o Minipreço presta um apoio inequívoco às famílias portuguesas em todo o território nacional e os 739km da N2 são um exemplo disso. Parabéns à RFM pela iniciativa ao qual nos associámos com um enorme sentimento de pertença.”

RFM SENTE PORTUGAL! Pode ver-se aqui os melhores momentos.

Esta aventura foi possível graças ao MEO que nos liga à vida e ao Minipreço, ao nosso lado, agora e sempre.

https://rfm.sapo.pt/file/31595/rfm-sente-portugal-na-nacional-2

Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

NOVAS APPS DA RENASCENÇA, RFM e MEGA HITS JÁ DISPONIVEIS

Disponíveis nas App Stores Apple e Google

Com gestão de alertas adaptadas às preferências do utilizador

Já estão aí as novas versões das APP’s da RENASCENÇA, RFM E MEGA HITS!

A grande novidade é que as Apps das Rádios do Grupo Renascença Multimédia permitem agora a gestão de notificações, adaptando-os às preferências do utilizador.  

Preparadas para as últimas atualizações dos sistemas Android e iOS, as Apps disponibilizam agora as grelhas dos programas de cada uma das estações de rádio e possuem uma melhor performance que garante uma utilização mais fácil e rápida.

Estas novas versões vêm atestar a vitalidade do Grupo Renascença Multimédia e da sua estratégia de aposta no Digital, reforçando a aposta do Grupo na liderança no Digital.

Renascença, RFM e MEGA HITS oferecem agora uma experiência cada vez melhor aos utilizadores, mais fácil, agradável, rápida, a partir do seu bolso, através das versões mobile para Android e Apple iOS e também no carro, através das versões Android Auto e Apple Carplay.

Numa altura em que a mobilidade volta a assumir relevância crescente e em que o Digital se instalou definitivamente e de forma plena na vida das pessoas, este é um passo significativo e que vem ajudar  a aproximar, através da tecnologia, ouvintes e os seus hábitos de consumo às marcas Renascença, RFM e MEGA HITS.   

Para Nelson Pimenta, Director Digital do Grupo Renascença Multimédia, Estamos muito focados em melhorar a experiência dos nossos utilizadores no Digital. E é através do constante feedback de quem melhor nos conhece que vamos construindo a evolução das nossas plataformas, seja em web ou mobile. Este é mais um passo na direção certa

Novas Apps da Renascença, RFM e MEGA HITS – O ponto de encontro dos fãs, com as nossas marcas, a qualquer hora e em qualquer lugar, com todos os conteúdos que sempre escolheram, agora mais rápidos , completos e acessíveis.

Renascença, RFM e MEGA HITS – Rádios para ouvir, mas também para ver, interagir, informar e entreter!

 
  Download:
Renascença, RFM, Mega Hits
  
  Download:
Renascença, RFM, Mega Hits  
Tagged , , , , , , , , , , , , ,

150 000€ ENTREGUES PELA RFM E PELO BANCO MONTEPIO

GRANDE FINAL DO “QUE BARULHO É ESTE, NA RFM?”

Terminou mais uma temporada do jogo que deu a volta à cabeça dos portugueses. Patrocinado pelo Banco Montepio, “Que Barulho é este, na RFM?” desafiou a criatividade e a atenção dos portugueses e ofereceu, nesta segunda temporada, um total de 150.000€! Foram 21 vencedores que ao longo de quase 10 meses adivinharam os sons que estavam em jogo.

Quem descobriu o último barulho foi o Elói Mendes, de Loulé. O  José Coimbra lançou o barulho, que era o som de uma máquina de lavar a fechar e deu 11.810 € ao último participante. O prémio mais alto entregue a um ouvinte foi no valor de 21 830€.

Mesmo em tempo de pandemia o “Que barulho é este, na RFM?” conseguiu ultrapassar a situação de isolamento social dos seus ouvintes e continuou a dar prémios.

António Mendes, diretor da RFM, considera o “Que Barulho é Este, na RFM?” é o jogo da rádio do momento em Portugal. Tem uma notoriedade espetacular que vejo pela quantidade de pessoas que, nos mais diversos locais, me tentam convencer a revelar-lhes qual é o barulho em jogo. O que, obviamente, nunca faço. Temos no Banco Montepio um parceiro incrível que, desde a primeira hora, se juntou ao projeto permitindo-nos concretizar um jogo de rádio que distribuiu 150 mil euros aos portugueses, mesmo durante o período de confinamento obrigatório.

“O Banco Montepio está sempre ao lado dos seus clientes, a apoiá-los e a ajudá-los a concretizar os mais variados projetos e ambições. O jogo Que Barulho é Este, na RFM? foi uma maneira divertida de o fazer: com um parceiro de excelência conseguimos criar momentos de animação para todos os ouvintes e, aos muitos vencedores do jogo demos um contributo para alcançar aquilo que mais precisarem ou desejarem” – testemunho do Banco Montepio, patrocinador do “Que Barulho é este, na RFM?”

Tagged , , , , , , , , , , ,

RFM – SEMPRE COM A MÚSICA DOS PORTUGUESES, DEDICA 24 HORAS EXCLUSIVAMENTE À MÚSICA PORTUGUESA

24 HORAS EXCLUSIVAMENTE DEDICADAS À MÚSICA PORTUGUESA

19 JUNHO/ 6ª feira

A RFM anunciou ontem, em direto, que dia 19 de junho, 6ªfeira, vai homenagear e dar voz aos músicos portugueses e suas equipas. Numa emissão que dedica 24 horas consecutivas aos músicos e à música portuguesa. O objetivo é ajudar a reerguer a música portuguesa e ao mesmo tempo ajudar todos os que ao longo doa anos nos fazem tão felizes! Os artistas portugueses e as suas equipas merecem.

Artistas que nunca nos faltaram quando quisemos ir a concertos ou a outro tipo de espetáculos. São eles que gora precisam da nossa ajuda!  Em antena a RFM vai receber dezenas de testemunhos de músicos que se associam à rádio nesta oportunidade, Carolina Deslandes, Herman José, João Pedro Pais, Diogo Piçarra, D.A.M.A., Noble, Alberto Índio, Virgul, Fernando Daniel entre muitos outros.

A RFM está também a apoiar a divulgação do Festival Regresso ao Futuro, que se realiza a 20 de junho, às 21h30, que vai juntar 24 artistas portugueses em 24 palcos do país, em vários teatros municipais.

Num momento em que todos os festivais de música foram cancelados ou adiados e todos os profissionais do setor ficaram, de um dia para o outro, sem trabalho e sem meios de subsistência, surge o Festival Regresso ao Futuro, uma iniciativa com o grande objetivo de ajudar todos aqueles que trabalham no mundo da música e que viram as suas atividades interrompidas e consequentemente cortados todos os seus rendimentos. Os bilhetes têm o preço único de 10€ e já estão à venda nos locais habituais e nas bilheteiras de algumas das salas (consultar site oficial da sala para confirmação prévia). As receitas de bilheteira serão entregues ao Fundo de Solidariedade para a Cultura, criado pela Audiogest (Associação que representa produtores musicais) e GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas), destinado a todos os profissionais dos setores das artes. O público é convidado a levar alimentos não perecíveis para entrega nos Teatros, que serão recolhidos e distribuídos pela União Audiovisual junto dos profissionais dos setores das artes que se encontram em situação de maior vulnerabilidade alimentar.

Dia 20 de Junho – 21h30

FESTIVAL REGRESSO AO FUTURO

Ao VIVO

Antonio Zambujo > Torres Novas – Teatro Virgínia // Agir > Leiria – Teatro José Lúcio da Silva // Ana Moura > Oliveira do Bairro – Quartel das Artes // Aurea > Figueira da Foz – Centro de Artes e Espetáculos // Bárbara Tinoco> Albergaria-a-Velha – Cineteatro Alba // The Black Mamba > Aveiro – Teatro Aveirense // Carlão > Rio Maior – Cineteatro // Carolina Deslandes > Bragança – Teatro Municipal // Clã > Almada – Teatro Joaquim Benite // Camané > Cascais – Parque Palmela // D.A.M.A > Setúbal – Fórum Municipal Luísa Todi // Diogo Piçarra > Faro – Teatro das Figuras // Fernando Daniel > Estarreja – Cineteatro de Estarreja // Gisela João> Fafe  – Teatro Cinema de Fafe // Herman José > Casa  da Cultura > Ílhavo // Kátia Guerreiro > Lisboa – Capitólio (por Museu do Fado)  // Miguel Araújo > Caminha, Teatro de Valadares // Pedro Abrunhosa > Ovar – Centro de Arte de Ovar // Rita Redshoes > Lisboa – São Luiz Teatro Municipal // Salvador Sobral > Santarém – Teatro Sá da Bandeira // Samuel Úria > Lisboa – Cinema São Jorge // The Gift > Loulé – Cineteatro Louletano // Tiago Bettencourt > Castelo Branco – Cineteatro Avenida // Tiago Nacarato > Matosinhos – Cineteatro Constantino Nery 

Tagged , , , , , , , , , , , ,

MAIS AJUDA: Revelados os 6 projetos vencedores que vão receber 150 mil euros, com a ajuda do Lidl, da Renascença, da RFM e da Mega Hits

Os vencedores do projeto Mais Ajuda foram anunciados, ontem, 3ª-feira, no programa “Nunca é Tarde” da Renascença, que contou com a presença da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. A emissão contou também com a participação de todos os jurados: Diogo Teixeira, COO e co-fundador da Beta-i; Filipe Almeida, presidente da iniciativa Portugal Inovação Social; Vanessa Romeu, diretora de Comunicação Corporativa do Lidl Portugal; Luís de Melo Jerónimo, diretor da Social Cohesion Programme da Fundação Calouste Gulbenkian e Isabel Figueiredo, adjunta do presidente do Grupo Renascença Multimédia.

O Lidl e as rádios do Grupo Renascença Multimédia lançaram o desafio ainda no Natal. Depois de vários meses de rigorosa seleção, o programa de inovação social Mais Ajuda atribuiu um total de 150 mil euros a 6 projetos únicos, que vão fazer a diferença em muitas vidas.  Um valor que foi conseguido graças aos ouvintes da Renascença, RFM e MEGA HITS e de todos os que visitaram as lojas do LIDL, durante a campanha. Este resultado mostra como é possível ser solidário e inovador mesmo em tempo de crise.

Foram premiados 3 IPSS de apoio à infância e à juventude e 3 Startups com impacto social, capazes de dar novas respostas a problemas sociais, em áreas tão diferentes como: educação, saúde, ambiente, tecnologia ou integração social.

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho elogiou a dimensão inovadora do programa, por premiar IPSS e Startups e fez o paralelo com os apelos do Papa Francisco na Encíclica Laudato Si, muito dirigida às novas gerações. Ana Mendes Godinho deixou também um pedido a todos os cidadãos, para que, se tiverem contributos para dar na área do emprego e da segurança social, enviem as suas ideias para o email do Ministério: propostas.mtsss@mtsss.gov.pt

Os 6 projetos vencedores são:

– O projeto Aprender Mais da Associação Acreditar, que dá apoio educativo a crianças com cancro através do ensino à distância. Já ajudou 40 crianças diretamente e centenas de jovens em comunidade escolar;

– A aplicação Happies da startup da Pixelability é uma ferramenta de rastreio e apoio à terapia da fala. Já foi utilizada por 12 mil crianças.

– A Aplicação Miúdos e Graúdos da Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas é uma aplicação móvel que otimiza a busca e localização rápida de uma criança desaparecida. Já está em uso em cerca de 2500 dispositivos;

– O projeto Mutualista com as Crianças da Associação Mutualista Covilhanense quer ajudar cerca de 90 crianças dos 3 aos 10 anos, da Covilhã, em duas áreas de intervenção: a Saúde Infantil e o Ambiente.

– A plataforma online Speak junta migrantes, refugiados e locais a viver na mesma cidade. 30 mil pessoas em 25 cidades beneficiam da existência desta comunidade e com a nossa ajuda vai chegar a mais 2 cidades portuguesas;

– O projeto The Inventors, que tem como missão inspirar uma nova geração de “inventores”, com programas educativos que desenvolvem a autoconfiança, curiosidade e competências tecnológicas. Já chegou a 21 mil crianças entre os 4 e os 12 anos.

Os projetos foram selecionados de acordo com critérios de avaliação muito rigorosos: o impacto social do projeto, o seu potencial de crescimento, a equipa, o grau de inovação e a sua sustentabilidade e coube ao Júri do Programa a decisão final.

Graças a todos os que acreditaram e colaboraram para o programa Mais Ajuda, vai ser possível pôr em prática os sonhos de todos os que fazem destes projetos ferramentas para vivermos num mundo melhor.

Muito obrigada aos nossos ouvintes!

Pode ouvir aqui o anúncio dos vencedores na Renascença, no programa “Nunca é Tarde” com a Sónia Santos.

Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d bloggers like this: