Mais de 12 mil pessoas vibraram no Concerto dos 75 anos da Renascença

Concerto 75 anos Renascença: Estádio do Bessa XXI encheu, vibrou e cantou.

No dia 3 de Junho, mais de 12 mil pessoas encheram o estádio do Bessa XXI para o Concerto 75 anos Renascença. Subiram ao palco os James, Dulce Pontes e Rui Veloso acompanhados pela Orquestra das Beiras. Nomes muito acarinhados pelo público que transformou este concerto numa autêntica festa.

A noite começou com um Medley de músicas dos Beatles interpretado pela Orquestra das Beiras, conduzida pelo Maestro António Vassalo Lourenço. Muito aguardados, os James entraram depois em palco para uma actuação única. Pela primeira vez acompanhados por uma orquestra, dirigida pelo maestro Joe Dudell, conquistaram o público com “Getting away with it”, “Say something”, “Sit Down”, “Sometimes” e “Laid”. Para os James esta é uma experiência a repetir com a Orquestra das Beiras. O grupo britânico entusiasmou o público,  sobretudo quando o vocalista, Tim Booth, saltou para o meio da assistência.

Dulce Pontes foi a segunda artista a subir ao palco do Estádio do Bessa e foi acolhida com grande carinho pelas milhares de pessoas que assistiam ao concerto comemorativo dos 75 anos da Renascença. Acompanhada pela Orquestra das Beiras, Dulce Pontes cantou músicas como “Ondeia”, “Índios da Meia Praia”, “Canção de Embalar”, “Senhora do Almurtão” e a muito aplaudida “Canção do Mar”.

A fechar a noite um ícone da música portuguesa: Rui Veloso. Com o maestro António Vassalo Lourenço a conduzir a Orquestra das Beiras, Rui Veloso deu uma nova sonoridade a algumas das suas músicas. “Bairro do Oriente”, “Lado Lunar”, “A Veia do Poeta”, “Jura”, “Chico Fininho” e “Não há estrelas no céu” foram as músicas que fizeram vibrar o estádio do Bessa, numa noite quente e cheia de emoções.

Mas a surpresa estava reservada para o fim: Dulce Pontes e Saul Davies juntaram-se a Rui Veloso para uma interpretação única de “Porto Sentido”.

Esta foi uma noite perfeita para ouvir os grandes clássicos do rock português com Rui Veloso, os êxitos de Dulce Pontes e os maiores sucessos dos James. Uma combinação que tornou a noite de 3 de Junho numa grande festa.

“Com este espectáculo a Renascença quis ter presente três estilos musicais abrangentes, que cobrem os diferentes produtos do grupo r/com, em termos musicais”, explica Luís Salgueiro, Director Geral da Genius y Meios, empresa do Grupo r/com, responsável pela produção do espectáculo. E acrescenta “É uma forma de homenagear a música, os intérpretes, todo este mundo que tem percorrido connosco estes 75 anos”.

Na produção e organização deste evento, que durou cerca de duas horas e meia, estiveram envolvidas mais de 500 pessoas.

Fotos disponíveis em:  http://www.agenciazero.net/home.do

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: